Purgatório – A Verdadeira História de Dante e Beatriz

purg2Editora Planeta, 2008

button
Cultura, Saraiva, FNAC, Travessa, Livraria da Folha, Amazon

O INFERNO – “Agora ele está sentado numa cadeira dura e tem, diante dele, uma velhíssima máquina de escrever Remington. Olha para o lado. O lugar é infinito. São milhões, bilhões de pessoas datilografando. O barulho é quase ensurdecedor. Além das teclas, ouve-se apenas um som intermitente que vem sabe-se lá de onde: Pamonha de Piracicaba! Pamonha de Piracicaba! Pamonha de Piracicaba!

Em narrativa que toma como ponto de partida o clássico de Dante Alighieri, Purgatório conta a história de Dante Alberto, um bancário de 45 anos casado com a ex-jogadora de vôlei Gemma, mas apaixonado desde a juventude pela musa Beatriz Florence, que vive há décadas em terras francesas. Até Virgílio não escapa dessa versão ‘aligheriana’ moderna: discreto, solteiro e homossexual assumido, ele é subgerente no mesmo banco de Dante e, ao invés de grande poeta, é um escritor frustrado mesmo. Em meio à ‘síndrome de Pantagruel’ de Gemma (a mulher não pára de crescer!), médiuns anãs e (des)encontros transcedentais, a temática da história – que foi originalmente publicada em folhetim no jornal O Estado de São Paulo, envolve uma discussão sobre a culpa e o pecado nos dias de hoje. E, como explica o autor,  “o que é pecado hoje? Não digo apenas diante da Igreja, mas diante dos nossos semelhantes. Quem são os honestos hoje? Quem iria para o céu, o purgatório ou o inferno?”. RolloverBackArrow

Anúncios